Arquivo do blogue

sábado, 30 de agosto de 2014

Il Cuore Immacolato di Maria: segreto dei segreti di Fatima


Oggi la Chiesa celebra la festa di "Maria Regina" e nel Rito antico la festa del "Cuore Immacolato di Maria". Offriamo ai lettori una meditazione di p. Serafino M. Lanzetta sul Cuore Immacolato di Maria, tenuta a Fatima, durante un corso di Esercizi spirituali predicati ai laici nel maggio 2013. Il Cuore Immacolato di Maria è un vero compendio del Messaggio che la Celeste Signora consegnò ai Pastorelli di Fatima, da maggio ad ottobre del 1917. L'attualità e la profezia di questo Messaggio oggi è ancora più chiara. Rimane paradigmatica ed enigmatica quella richiesta della Bianca Signora a Lucia, di rivelare la terza parte del Segreto solo a partire dal 1960. 
Guardando gli eventi epocali sotto i nostri occhi e la condizione della Chiesa nel suo interno, una vigna devastata dal nemico, un campo sterminato con tanti morti, non possiamo che rammentare il tono altamente profetico delle parole di Papa Benedetto XVI, pronunciate a Fatima nel maggio del 2010: «Si illuderebbe chi pensasse che la missione profetica di Fatima sia conclusa». Di recente è apparso un importante libro, curato dalle Carmelitane del monastero di Coimbra, dove visse e morì Sr. Lucia. Nel libro vengono pubblicati ampi stralci del diario intimo della veggente: Un caminho sob o olhar de Maria, Edições Carmelo 2013 (qui una scheda del libro). Anche in una lettera di Sr. Lucia al P. Fuentes del 1958 (qui) sono profeticamente descritti il destino dell'umanità e i tempi che scorrono sotto i nostri occhi.

Di seguito la meditazione.


Siamo quasi giunti al traguardo dei nostri esercizi spirituali. Quest’oggi chiedo particolarmente la vostra attenzione, perché vorrei rivelarvi una cosa di cui non vi ho parlato fino ad ora. Vorrei parlarvi del “Segreto di Fatima”, rimasto ancora nascosto a tanti, il Segreto dei segreti, il Cuore Immacolato di Maria. La rivelazione di Fatima è un dono di Dio al nostro tempo, il Signore che parla, che si fa presente a noi attraverso la Sua Santissima Madre.
Ripercorrendo l’itinerario delle Apparizioni, abbiamo potuto capire la pedagogia del Signore e della  Madre Sua nel portare pian piano questi fanciulli a comprendere cose sempre più profonde, ma sempre così semplici e così importanti. E la via attraverso la quale il Signore porta questi fanciulli a comprendere pian piano i disegni di Dio su di loro e sull’umanità, questa grande via, questo grande crocevia, se vogliamo, è il Cuore Immacolato di Maria.
Il Cuore Immacolato di Maria è, per così dire, la rivelazione di Dio a Fatima. È il Cuore che custodisce le cose di Gesù, è il Cuore che custodisce le verità della fede, il Cuore che si scambia con quello di Dio. Dio stesso ha rivelato questo Cuore, che è il Cuore che più e meglio di ogni altro si è conformato a Lui. È il Cuore nel quale unicamente abita Dio, il Tabernacolo di Dio. Ecco perché il Signore rivela questo Cuore, perché Lui dimora solo in questo Cuore, Cuore purissimo: dimora di Dio fra di noi. E Dio sceglie questo Cuore, lo prepara, lo plasma immacolato, perché poi Lui in esso vi abiti, perché Lui stesso possa entrare in questo Cuore e prendervi dimora, riposo, rifugio.

Novidades assombrosas chegam do Carmelo de Coimbra. Texto inédito da Irmã Lúcia.


Novidades assombrosas chegam do Carmelo de Coimbra.
Texto inédito da Irmã Lúcia.


O livro "Um caminho sob o olhar de Maria" editado pelo Carmelo de Coimbra.
O livro "Um caminho sob o olhar de Maria" editado pelo Carmelo de Coimbra.
Um documento inédito da Irmã Lúcia que se insere no conjunto profético de Fátima foi publicado pelo Carmelo de Coimbra.

Esse documento revela coisas novas e pasmosas sobre o desfecho da crise do mundo que abandonou a Fé e a Civilização Cristã.

A origem desse documento é a seguinte. O Carmelo de Coimbra, onde viveu seus últimos anos e morreu (em 2005) a Irmã Lúcia, publicou um livro oficial com o título Um caminho sob o olhar de Maria.

Trata-se de uma biografia da vidente de Fátima, redigida por suas irmãs do Carmelo. Ela inclui documentos inéditos escritos pela própria religiosa.

Eis os dados bibliográficos do livro: Um caminho sob o olhar de Maria — Biografia da IRMÃ Maria LÚCIA de Jesus e do Coração Imaculado, Carmelo de Santa Teresa, Edições Carmelo, Coimbra, 2013, 496 pp.

A Terceira Guerra Mundial

Hoje se fala muito que vivemos no conturbado período histórico lugubremente inaugurado pela I Guerra Mundial. A II Guerra foi um deplorável desdobramento da Primeira, segundo a afirmação geral dos historiadores mais reputados.

Francisco I e muitas outras conhecidas vozes vêm dizendo que o mundo está entrando na III Guerra Mundial. O Pontífice se referiu a ela na sua viagem de retorno de Seul, Coréia do Sul.

Ele apenas fez a ressalva de que era fragmentada, por não se ter ainda universalizado. Mas constatou que a Guerra está crescendo por “capítulos” e que se destaca por sua “crueldade”.

O comunismo renasce astuciosamente na Rússia.
Comemoração da vitória soviética na II Guerra Mundial.
Praça Vermelha de Moscou, 9 de maio de 2014.
Sem dúvida, as altas esferas religiosas e políticas que vêm falando dessa III Guerra Mundial pensam sobretudo no massacre de cristãos no Oriente Médio e na feroz guerra empreendida pela Rússia de Putin contra os ucranianos, especialmente os católicos.

A era histórica de Fátima

Quando essa sinistra sucessão de Guerras começava, Nossa Senhora apareceu em Fátima, no dia 13 de maio de 1917, e advertiu sobre as suas causas: a decadência dos costumes. E os meios para evitá-la: a reforma dos costumes, ou penitência, e a consagração da Rússia.

Dominada poucos depois pelos erros do comunismo, a Rússia haveria de ser o instrumento do castigo, espalhando tais erros pelo mundo, como também guerras e perseguições à Igreja e ao Santo Padre, caso o mundo não se convertesse e fizesse penitência.

Mas Nossa Senhora completou que, após tremendos castigos, no final dessa era de calamidades Seu Coração Imaculado triunfaria.

Tudo foi se realizando como Nossa Senhora anunciou em Fátima.

Mas os homens não levaram a sério as misericordiosas advertências de Nossa Senhora.

Uma parte do segredo revelado pela Mãe de Deus deveria ser publicada em 1960. Porém, o Papa reinante nesse ano, João XXIII, julgou-a por demais terrível e não a deu a conhecer.

No ano 2000, fora do prazo fixado por Nossa Senhora, João Paulo II mandou publicar essa parte do segredo, a qual fala de um Papa (“bispo vestido de branco”) atravessando uma cidade destruída, em meio a muitos cadáveres, e padecendo por fim o martírio junto com bispos sacerdotes e fiéis.

Por sua vez, o Papa Bento XVI, em visita a Fátima no dia 13 de maio de 2010, afirmou: “Enganar-se-ia quem pensasse que a missão profética de Fátima esteja concluída”.

E acrescentou: “O homem pôde desencadear um ciclo de morte e de terror, e não consegue interrompê-lo. A fé em vastas regiões da terra ameaça apagar-se como uma chama que não é mais alimentada”.

Carmelo de Coimbra publica inédito manuscrito

E assim chegamos à atual publicação do Carmelo de Coimbra. O livro contém um relato, escrito pela Irmã Lúcia, de como ela superou o terror que a impedia de escrever o Terceiro Segredo.

No relato, a Irmã Lúcia conta que, por volta das 16 horas do dia 3 de janeiro de 1944, rezando na capela do convento diante do Tabernáculo, pediu a Jesus que lhe fizesse conhecer a sua vontade. E então, escreve ela:
Na última aparição, em 13.10.1917, Nossa Senhora se manifestou
como a Virgem do Carmo, coroada Rainha do Céu e da Terra.
“Senti então, que uma mão amiga, carinhosa e maternal me toca no ombro, levanto o olhar e vejo a querida Mãe do Céu.

“Não temas, quis Deus provar a tua obediência, Fé e humildade, está em paz e escreve o que te mandam, não porém o que te é dado entender do seu significado” (op. cit. p. 266).

O efeito destas palavras sobrenaturais é assim descrito pela vidente:

“E senti o espírito inundado por um mistério de luz que é Deus e N’Ele vi e ouvi,

— A ponta da lança como chama que se desprende, toca o eixo da terra.

— Ela estremece: montanhas, cidades, vilas e aldeias com os seus moradores são sepultados.

“O mar, os rios e as nuvens saem dos seus limites, transbordam, inundam e arrastam consigo num redemoinho, moradias e gente sem número que não se pode contar, é a purificação do mundo pelo pecado em que se mergulha.

“O ódio, a ambição provocam a guerra destruidora!

“Depois senti no palpitar acelerado do coração e no meu espírito o eco de uma voz suave que dizia:

— No tempo, uma só Fé, um só Batismo, uma só Igreja, Santa, Católica, Apostólica. Na eternidade, o Céu!

“Esta palavra Céu encheu a minha alma de paz e felicidade, de tal forma que quase sem me dar conta, fiquei repetindo por muito tempo:

— O Céu! o Céu!” (op. cit. p. 267).

A edição do Carmelo de Coimbra reproduz ainda, na p. 269, o fac-símile das páginas do manuscrito da Irmã Lúcia em que se encontra o presente texto.

Foi assim que a religiosa recebeu forças para escrever o Terceiro Segredo.

A Irmã Lúcia conclui o texto acima citado com a frase: “Apenas passou a maior força do sobrenatural, fui escrever [o terceiro Segredo] e fi-lo sem dificuldade, no dia 3 de janeiro de 1944, de joelhos apoiada sobre a cama que me serviu de mesa” (op. cit. p. 267).

A carta com esse segredo chegou ao seu destino, segundo confirma o recibo de recepção, mas não recebeu resposta.



Os dias de hoje

A publicação deste texto inédito da vidente de Fátima acontece num panorama mundial muito parecido com o descrito na visão.

As catástrofes humanas fazem que pessoas de tão alto nível eclesiástico e temporal julguem a Terceira Guerra Mundial já começada em regiões restritas, a partir das quais se espalha como um incêndio a outras partes da terra com que estão interligadas.

Mas o texto da Irmã Lúcia conclui com um anúncio consoladoro triunfo da religião católica em toda a Terra, imagem fidedigna do triunfo eterno de Deus no Céu:

— No tempo, uma só Fé, um só Batismo, uma só Igreja, Santa, Católica, Apostólica. Na eternidade, o Céu!

 http://aparicaodelasalette.blogspot.pt/

María - Señora de todas las Almas: Yo soy la Jardinera Celestial. Yo quiero contraer una santa alianza con cada alma

 
María: “Yo soy la poderosa Señora de todas las Almaspero sólo una pequeñisima parte de las almas me reconoce como Señora. Fuera de Dios han sido sometidos a Mí todos los seres, todas las cosas, todas las almas, en el cielo, en la tierra y bajo la tierra. En el cielo voy a ser saludada y alabada temblando de respeto y se me servirá con tembloroso respeto. Fuera de Dios yace a Mis pies la completa e inmensa corte celestial. En el infierno he de ser maldecida y odiada. En la tierra he de ser malentendida, despreciada y desatendida. Muchos me aman, pero son pocos los que yacen a Mis pies”. (María se refiere aquí claramente a los totalmente consagrados a Ella).


La total consagración a María significa, darnos nosotros mismos, para que Ella nos guíe hacia la bienaventuranza y por la ofrenda de nuestra propia vida pueda llevar gracias a las almas. Ella puede hacer esto porque ha recibido de Dios el poder total para transformar los sacrificios y pruebas que son consagrados a Ella, en manantiales de salvación  y de liberación para la humanidad: María ha sido revestida con el nuevo poder creador de Dios Mismo. 

La total consagración a María significa: darnos a nosotros mismos y cada detallede nuestra vida totalmente y sin ningún límite, como en una continua e ininterrumpida ofrenda en sacrificio. Ella posee el poder de utilizar todo nuestro ser, y cada acontecimiento de nuestra vida al servicio del plan de Dios. De cada sufrimiento que sea ofrecido expresamente  a Ella, hace una fuerza celestial,  mediante un misterio divino, fuerza que puede proporcionar  salvación y bendición a la creación. Por esta causa pueden llegar más bendiciones al mundo (y a nuestra propia vida) en la medida en que más almas se consagren totalmente a María y que su consagración la pongan estrictamente en práctica en la vida cotidiana.Ella es la llave de la puerta hacia el nuevo mundo: el mundo del Reino de Dios en la tierra.


María - Señora de todas las Almas: Yo soy la Jardinera Celestial. Yo quiero contraer una santa alianza con cada alma


“Cada alma es una rosa de la mano de Dios. Yo soy la Jardinera Celestial. Yo quiero contraer una santa alianza con cada alma, una alianza que consiste en que el alma se consagre a Mí TOTALMENTE: corazón, espíritu, cuerpo y voluntad, para consumar la obra de Dios, y que Yo Me entregue TOTALMENTE al alma para que el alma pueda desplegarse completamente, y que florezca para la eterna primaveradel establecimiento del Reino de Dios en la tierra.”
(María - Señora de todas las Almas,
20 de mayo de 2008)

TOTUS TUUS, MARIA!

Queridos hermanos y hermanas en Jesús y en María,


Les damos la más cordial bienvenida a la página web del Apostolado Maria Domina Animarum y les agradecemos que hayan seguido la voz de la Reina del Cielo que quiere llevar a cada alma a Sus obras.

Como la Señora de todas las almas María Se entrega a las almas como la Promesa de una nueva y eterna Primavera que quiere hacer florecer en cada alma a través de la Ciencia de la Vida Divina, como la cumbre de la glorificación de Dios.

A través de Su portavoz Myriam, la Señora de todas las almas anuncia claramente que Dios Le ha designado para consumar la Obra de Redención de Jesucristo en las almas individuales en estos Últimos Tiempos. Sin embargo, esto requiere que el alma se entregue incondicionalmente a María y que participe voluntariamente en esta transformación (es decir, la consumación de la redención) para la cual la Señora de todas las almas está designada para realizarla en ella. La misión de la Señora de todas las almas consiste en conseguir la verdadera santificación para el alma a través de un renacimiento de Ella lo que puede reconducir el alma al estado de gracia que la humanidad poseyó antes del pecado original.

La Reine des Cieux explique, en des termes sur lesquels il ne saurait subsister aucun doute, que Dieu L’a appelée à accomplir, en ces temps qui sont les derniers, les Œuvres rédemptrices de Jésus-Christ dans l’âme individuelle.

“Toute âme est une rose, née de la main de Dieu. Je suis la Jardinière Céleste. Je veux conclure avec chaque âme une alliance sainte, qui consiste en ceci que l’âme se donne totalement à moi: cœur, esprit, corps et volonté, pour accomplir les œuvres de Dieu, et que Je Me donne totalement à l’âme, afin que la rose puisse s’épanouir complètement et fleurir un jour pour l’éternel printemps de la fondation du Royaume de Dieu sur la terre.”
(Marie – Maîtresse de toutes les âmes,
20 mai  2008)




TOTUS TUUS MARIA!
Chers Soeurs et Frères en Jésus et Marie,
Nous nous réjouissons de tout coeur de vous accueillir sur le site web de l’Apostolat Maria Domina Animarum, et vous remercions d’avoir obéi à la voix de la Reine du Ciel, qui veut conduire chaque âme à Ses oeuvres.
En tant que Maîtresse de toutes les âmes, Elle se donne aux âmes comme la promesse d’un printemps nouveau et impérissable, qu’ Elle veut faire fleurir en chaque âme par la Science de la Vie Divine: et ce sera le sommet de la glorification de Dieu.
Par la voix de Son instrument Myriam, la Reine des Cieux explique, en des termes sur lesquels il ne saurait subsister aucun doute, que Dieu L’a appelée à accomplir, en ces temps qui sont les derniers, les Œuvres rédemptrices de Jésus-Christ dans l’âme individuelle. Ceci suppose toutefois que l’âme se donne à Elle inconditionnellement et participe librement à cette recréation (à savoir l’accomplissement de la Rédemption) à laquelle la Maîtresse de toutes les âmes est appelée par Dieu. La mission de la Maîtresse de toutes les âmes est d’obtenir à l’âme la véritable sanctification par une renaissance à partir d’Elle-même, laquelle peut  ramener l’âme humaine au merveilleux état de grâce dans lequel elle se trouvait avant le péché originel.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

MARY: Are you ready? Are you willing to take my hand, to walk my road? Are you ready to trust your mother and to do what I tell you? Are you ready to inscribe me on your heart and to decide firmly, “I will walk the road of Mary?”Do you truly believe that this is the Age of Mary? If you do, I can make you the light of the nations. If not, your own resources will prove too little and too late.

12. Being Set Aside By the Church




Mary
Who can know the sorrows of my heart unless I speak openly and reveal what is hidden? I see the many difficulties of the Church. A Church that was strong and flourishing has now been set aside, and often is the object of ridicule. The young are no longer formed by its teachings and many of the older generation have abandoned its truths. The Church cries out in the marketplace but its voice is not heard. Its teachings have no impact upon the modern mind. How has all of this happened?
I must speak honestly. I have been set aside. The Church flourished when I was exalted. Many gave themselves to the priesthood and religious life when the Church rejoiced to be my child. Then, new waves of thought washed upon the shore. The new agenda erased the deeply ingrained devotions. My appearances, my visitations and my words no longer occupied the Catholic mind. How different would these decades have been if I had not been moved to the sidelines!
I must speak honestly. It is late. The weapons of war explode. Some roads of peace narrow and even end. The world’s resources turn to destruction not to life. At this point, no one can perceive the power of the coming darkness, nor how close it is at hand.
I will try again. I will send out greater invitations. I will use more messengers, in even higher places. They must be faithful to the message, “There is only one path to peace, the road that leads into the center of my Immaculate Heart”. There will be new movements, new beginnings, new fires. I have not abandoned my Church and I refuse to sit on the sidelines while Satan claims his victories.
Those who heed me, I will use. Those who believe they have a better plan will waste their time.
Comment: This is a very strong locution that sums up Our Lady’s feelings.


11. Special Surprising Lights




Mary
Usually, I pour out my gifts in great order, the small ones first and later the greater ones. Now, however, a greater need exists to which I must respond. I must take people who are not fully prepared and give them gifts far greater than usual. Like children in an emergency, who are pressed into action and asked to do works usually reserved to adults.
What a special time this will be! Many will wonder. People of good will who have just begun to live devoutly will be given great powers, usually reserved for the perfect. Those who are spiritual children will lead many to great faith. Others, who have just begun themselves to love my Immaculate Heart, will be foundation stones of strong communities.
New movements, filled with the greatest lights will arise. Fresh spiritual leadership will emerge. These are the fruits of the new lights that will suddenly begin to push back the world’s darkness. As always, these secrets lie in my Immaculate Heart.
Comment: In these days of extraordinary darkness, Our Lady must take surprising actions.