Arquivo do blogue

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Maria: Nel mio Cuore io tengo il mio figlio sacerdote di cui ho parlato molte volte. Sarà il grande segno, così facile da vedere.

 Our Lady of Fatima
1.     Non è più tempo di ritardi
18 gennaio 2015
Maria
La tenebra cresce. Vi conduco passo per passo nella mia luce, così che le tenebre non vi possano sopraffare. Come le luci del mondo si spengono, le persone vedranno la falsa fiducia che hanno riposto nel potere del mondo per salvarle. Esisterà solo una vera luce ed un solo Sentiero per la pace nel mondo. Molto prima che la tenebra scenda, le persone devono sapere della mia luce speciale. Pochi, molto pochi, saranno in grado di scoprire questa luce all’ultimo minuto, perché la paura e la confusione farà presa sui loro cuori e ottenebrerà le loro menti.
In questo momento, io parlo. In questo momento, io insegno. In questo momento, mi rivelo. È inoltre necessario ascoltare, imparare ed accettare le mie parole nella fede. Se avete abbandonato le vostre pratiche religiose, tornate ad esse. Se avete vagato nel peccato, pentitevi e confessatevi. Se avete preso decisioni sbagliate ed avete preso la strada sbagliata, giratevi e ritornate indietro. Ritrovate ciò che avete perso. Reclamate nuovamente quello che avevate messo da parte.
Questo non è il lavoro di un giorno, ma l’attività deve essere completata il più rapidamente possibile. Non ritardate. I vostri passi vi prepareranno per maggiori doni di pace interiore che vi serviranno assai quando giungeranno le tenebre.
Su questo cammino di conversione, io manderò le persone che vi aiuteranno. Condividete il vostro cuore con il loro. Avrete bisogno l’uno dell’altro. Mi impegno a fornire tutto il necessario ad ogni passo, ma non riesco a prendere la decisione per voi. Solo voi potete decidere.
Commento: Le parole della Madonna portano speranza. Nessuno deve sedersi ad oziare ed attendere l’inevitabile oscurità. I giusti passi possono essere presi per trovare la luce.
  
19 gennaio 2015
Maria
Nessuna possibilità. Il mondo non ha alcuna possibilità senza il mio percorso. Il mondo inciamperà e cadrà. Peggio ancora, non troverà nessuna direzione ed entrerà in una fossa senza ritorno. Il momento attuale è un periodo di tempo come nessun altro. Ognuno comincia a intravedere e vedere questo all’orizzonte.
Eppure, io non predico oscurità e rovina. Io predico la luce ed un percorso sicuro. Parlo delle tenebre in modo che quando gli eventi accadranno, si creda alla mia voce che un percorso sicuro esiste.
Non abbiate fiducia nei falsi leader. Non fidatevi di leader che affermano di conoscere il percorso. Mentre l’oscurità crescerà, io susciterò il mio leader, formato con tutte le mie credenziali, unto con lo Spirito Santo, tutt’uno con me come un figlio speciale, sempre fedele al mio nome, sempre in ansia per la mia gloria. Egli libererà le mie parole. Anche ora, sto facendo un lavoro speciale nel suo cuore. Lo sto rivestendo di sole. Questo è il figlio speciale di Fatima. Ho inciso Fatima sul suo cuore e questo sarà il segno con il quale si saprà che questo è il mio figlio che ho prescelto, così il mondo intero potrà trovare il mio percorso.
Tutto sarà chiaro. Tutto sarà esternato. La guida sarà data ogni giorno. Io gli insegnerò tutte le strategie del Maligno. Farò che la sua voce risuoni su tutto il mondo. Lo riconoscerete da questo segno. Sarà il mio figlio sacerdote che ha Fatima incisa sul suo cuore ed il cui nome è inciso nel mio Cuore. Il percorso sarà al sicuro. Basta che lo ascoltiate.
Commento: La Madonna rende questo percorso così facile da trovare. La luce verrà da un leader che lei innalzerà.
20 gennaio 2015
Maria
Grandi ansie cresceranno come i problemi aumenteranno. Nuovi leader vengono eletti, ma poco cambia. Mentre le forze delle tenebre sembrano inevitabili, io parlo di un piccolo sentiero. Tutti devono cercare questo percorso e, quando lo trovano, avranno la speranza.
Questo percorso si rivela attraverso la fede. Eppure, molti hanno abbandonato la loro fede, lasciando la Chiesa che ha nutrito i loro genitori. Devono tornare. Questo è il primo passo.
In secondo luogo, essi devono consentire alla mia luce di penetrare i loro cuori. I loro stili di vita non sono in accordo con i miei desideri. Prometto di aiutare tutti coloro che fanno anche il minimo sforzo.
Infine, devono nutrire questo spirito. Essi devono nutrirsi dell’Eucaristia, la confessione, il rosario e dedicare un poco di tempo ogni giorno per la preghiera.
Ho presentato un programma completo, in grado di adattarsi a tutti coloro che leggono queste locuzioni.
Commento: La Madonna descrive accuratamente le nostre ansie crescenti ed i passi che possiamo fare.
21 gennaio 2015
Maria
Prevedo tutto. Vedo gli obiettivi del Maligno ed il percorso su cui ha guidato il mondo. Vedo la grande oscurità che ha intenzione di realizzare ed i passi che forzerà tutti a prendere. Tutto questo include i terroristi, i leader mondiali, i ricchi che controllano la ricchezza del mondo e tutti coloro che daranno forma agli eventi. Tutta la sua oscurità e nascondimento è chiara a me come il giorno. Nulla è nascosto ai miei occhi.
Il Padre ha messo la sapienza celeste nel mio Cuore, come Egli ha posto il suo Figlio nel mio grembo. Egli mi ha rivelato il suo piano di luce per la oscurità che sta giungendo. Soprattutto, egli mi ha permesso di scegliere il mio messaggero di luce, e di questo figlio sacerdote io devo parlare in modo che le mie parole non siano vaghe o incerte.
In questo momento estremo di oscurità, non voglio lasciare che questa luce indispensabile fuoriesca in modo confuso, né addirittura venga messa in discussione. Devo dare all’umanità due regali, così che ognuno riceva la luce. Il primo dono è una persona precisa, qualcuno che sia amabile e di cui ci si possa fidare, sul quale lo Spirito del Signore riposerà. Io non lascerò alcun dubbio. Manderò segni. Questi saranno i segni di Fatima che questo è il mio figlio prediletto, nel quale mi sono compiaciuto.
Gli darò la forza del re Davide, la sapienza di Salomone e la luce dei grandi profeti. Voglio condividere con lui il mio compito come secondo Giovanni il Battista.
Io rivelerò tutto a lui e lui rivelerà tutto al mondo. Tutto ciò che il Maligno fa e progetta di fare glielo renderò noto. Egli sarà la mia voce costante e quotidiana. Gli darò potere di operare segni e prodigi, ma soprattutto io lo renderò una luce per le nazioni. In lui, la mia Chiesa risplenderà al mondo e tutti vedranno quello che ho fatto.
Commento: La Madonna ha spesso promesso una luce nella grande tenebra che ci attende, ma mai lei è stata così specifica su come darà questa luce.

22 gennaio 2015
Maria
Un oratore può solo immaginare gli effetti delle sue parole sui suoi ascoltatori, ma io vedo ogni cuore e so esattamente cosa sta succedendo attraverso le mie parole. Parlo degli eventi e delle strade che portano verso le tenebre. Non parlo per moltiplicare le ansie, ma per illuminare la mia strada della pace.
Con le mie parole, io alito sul mondo come Gesù alitò sui suoi apostoli, quando disse: “Ricevete lo Spirito Santo” (Gv. 20, 22). Le mie parole sono il soffio di Dio (questo è il dono del Padre per me) che deve essere riversato come una nuova creazione, per ripristinare ciò che è spezzato e incoraggiare coloro che sono scoraggiati.
Mentre gli eventi continuano (perché sono già iniziati) io costantemente aliterò sul mondo intero. Ovunque io alito, la vita inizia di nuovo. Ovunque io alito, la luce sconfigge le tenebre. Tutti devono credere. La tenebra è nuova. Il male è nuovo. Le forze distruttive sono nuove. Non possono anche i poteri di Dio essere nuovi? Questo è il nuovo soffio di Dio, che il Padre ha messo nel mio Cuore. Io alito ovunque, ma devo essere invitata.
Se non sarò invitata, il 2015 conterrà solo questi eventi di distruzione. Se mi inviteranno, ci sarà un alito fresco e potente di nuova vita.
Commento: La Madonna ama usare le immagini varie e semplici per insegnare gli stessi temi. Il mondo sperimenterà grandi e distruttivi eventi senza soluzione, tranne per i doni contenuti nel suo Cuore Immacolato.
23 gennaio 2015
Maria
Quando le nubi scure si radunano, tutti sanno che la pioggia cadrà presto. Ci sono certamente nuvole scure all’orizzonte che tutti possono vedere. Quale pioggia cadrà e quando risplenderà il sole? Parlerò chiaramente
Ci saranno due grandi nuvole - terrorismo e crolli economici. La pioggia del terrorismo è già iniziata, ma questa è solo la pioggia iniziale. Molto più grande e ancora più scure nubi scaricheranno le loro piogge. Questa sarà la scena come il 2016 avrà inizio.
Le nuvole economiche sono presenti, ma non viste da tutti. Esse inizieranno a versare le loro piogge nel corso dell’anno. Tuttavia, i crolli economici, piccoli in un primo momento, toccheranno molte più vite che gli atti di terrorismo. Questi mali non verranno da forze esterne. Sono stati costruiti nei sistemi economici da parte dei leader mondiali. Come tali, essi saranno più sistemici, più irruenti e meno soggetti a possibili soluzioni.
Le mie parole rivelano solo l’inizio. Se questi sono gli eventi del 2015, cosa accadrà nel 2016 e nel 2017, che porta fino al 100° anniversario del 13 ottobre 1917? Prima di questa data del 13 ottobre 2017, io avrò innalzato il mio figlio prediletto sacerdote. Attraverso di lui, offrirò alle persone del 21° secolo una seconda opportunità di accettare il dono di Fatima.
Anche se ho inviato i miei tre piccoli bambini, soprattutto Lucia, come i miei messaggeri del 20° secolo, le persone di quel secolo non hanno aperto il dono di Fatima e le grazie sono state trattenute. Prometto al mondo, ben presto, una seconda opportunità. Anche se devo parlare delle nubi del terrorismo e dei crolli economici, parlo anche del dono di Fatima. Non vorrei lasciare i miei figli senza speranza.
Commento: La Madonna dice che la pienezza del dono di Fatima avrebbe dovuto essere ricevuta nel 20 ° secolo. Fortunatamente, sarà data al 21° secolo una seconda opportunità.
24 gennaio 2015
Maria
Le mie benedizioni sono come la neve che cade a terra, coprendo ogni parte con una bellezza celeste. La neve è un’immagine duplice - del cielo, perché cade dal cielo, e di benedizioni, perché copre tutto in una strana bellezza, piacevole da guardare. Nessuno può comandare alla neve. Nessuno può dire alla neve: “Vieni”, e nessuno può comandare: “Fermati”. Tutto è oltre i poteri dell’uomo, anche delle sue invenzioni più sofisticate.
Così sarà quando innalzerò il mio figlio sacerdote al quale ho dato il dono di Fatima. Nessun potere in cielo o in terra fermerà le benedizioni. Nessuno potrà ricoprirle. Proprio come tutti vedono la neve che cade, così tutti vedranno le benedizioni celesti di Fatima.
Migliaia hanno assistito alla danza del sole nel cielo, ma milioni vedranno cadere la fresca neve di Fatima. È per questo che la consacrazione della Russia al mio Cuore Immacolato dovrà essere pubblica, nota a tutto il mondo ed alla Chiesa.
Sia fatta con la più grande fede, da tutti. Tutti devono credere. A tutti debbono essere insegnate le promesse. Tutta la Chiesa, con una mente ed un cuore solo, piena di grande speranza in mezzo alla grande oscurità, deve rivolgersi al cielo. Dopo di che, la neve inizierà a cadere e nuova speranza inizierà a vivere nel cuore delle persone.
Commento: La Madonna usa molte immagini - il fuoco, l’acqua, la luce, il buio. Tuttavia, questa è la prima volta che ha paragonato le sue azioni alla neve che cade.

25 gennaio 2015
Maria
Gli eventi si dispiegano, l’uno conducente ad un altro. Solo guardando indietro può la serie di eventi essere intesa, vista come importante o meno. Io vedo in modo diverso. Io vedo il futuro e gli eventi che attendono, l’uno come apertura verso il prossimo.
Come una sentinella stazionata in alto sulla montagna posso vedere quello che nessun altro vede. Da questa saggezza parlo come nessun altro può parlare. Eppure, chi si rivolge a me? Chi viene alla Regina dell’universo e cerca la mia saggezza? Io non aspetto un invito. Io parlo con coraggio. Lasciate che le mie parole vi convincano.
Il momento delle difficoltà è iniziato. In un primo momento, sembrerà come se esse venissero superate. Nuove misure verranno prese per contrastare i terroristi. Nuove misure verranno prese per alleviare le difficoltà economiche. Le persone crederanno che queste risposte potranno invertire la tendenza, ma i mali sono troppo profondamente radicati ed i sistemi economici sono troppo deboli in troppi luoghi.
L’Occidente non ha né le risorse né la volontà di rispondere in modo adeguato, perché il fuoco della fede è stato spento. Il grande zelo per Dio e per il prossimo è andato perduto. I grandi leader che potevano predicare in tutta Europa, come San Bernardo, San Francesco, San Domenico e S. Ignazio, non sono più. Le parole che fuoriescono sono politiche ed astute, incapaci di sollevare il cuore dell’uomo al Padre celeste che solo può invertire la futura serie di eventi. Ditemi. Quale leader mondiale parla di Dio? Chi invoca sul serio Gesù? Questi nomi non sono mai uditi, come se fossero reliquie del passato.
L’umanità potrà solo continuare questo percorso senza speranza fino a quando innalzerò colui al quale tutte le nazioni daranno ascolto.
Commento: I leader mondiali si comportano come se fossero in grado di risolvere i problemi, rifiutando di annunciare il loro bisogno dell’aiuto di Dio.
26 gennaio 2015
Maria
Nel mio Cuore io tengo il mio figlio sacerdote di cui ho parlato molte volte. Sarà il grande segno, così facile da vedere. Io lo innalzerò in modo straordinario. Questo sarà un segno ancora maggiore. Io lo vestirò con il sole di Fatima e gli darò grande potere e saggezza alle sue parole.
Egli benedirà le nazioni con il mio regalo di Fatima. Egli insegnerà e spiegherà, così che il mondo intero sappia esattamente quello che voglio fare. I poteri delle tenebre si sono già scagliati contro di lui, ma, come Madre di Dio, lo ho tenuto al sicuro e lo ho liberato dalla prova.
Ora, io lo preparo. Egli sa che il tempo è molto vicino per lui di entrare sulla scena mondiale. Egli non esiterà, perché sarà totalmente preparato, come se fosse stato lì per anni. Per lui, questi eventi distruttivi sono segni che gli avevo rivelato anni fa. Tutti questi eventi hanno dovuto prendere il loro posto ed il mondo doveva essere gettato nella tenebra prima che potessi innalzarlo. Al momento della grande disperazione, improvvisamente io lo innalzerò così che tutti sapranno che non ho abbandonato il mondo, ma avevo preparato tutto per questo momento di tenebra.
In quanto tempo lo porterò sulla scena dipenderà dal corso degli eventi. Ogni persona è libera. Tutti prendono le loro decisioni, i leader mondiali e papi, i terroristi ed economisti. Anche se gli eventi mondiali sono modellati da molte mani, io, da sola, sceglierò esattamente quando e come io innalzerò il mio figlio sacerdote. Dico queste parole così chiaramente ora in modo che quando questo accadrà, il grande segno del mio amore nel fare questo sia pieno e abbondante.
Commento: La Madonna rivela lentamente. Ora arriva la piena rivelazione. Molte volte lei ha citato il figlio speciale sacerdote. Questa locuzione svela pienamente il mistero.
 http://www.sanctusjoseph.com/locuzionialmondo/Il_Sentiero_della_Luce.html

Sou a Rainha das Vitórias e a Mãe do Bom Sucesso

Nossa Senhora do Bom Sucesso 
  Sou a Rainha das Vitórias e a Mãe do Bom Sucesso
Há 400 anos Nossa Senhora apareceu a uma religiosa espanhola no mosteiro das concepcionistas em Quito (Equador), e ordenou que se confeccionasse uma imagem sua sob as invocações do título, profetizou impressionantes acontecimentos para os séculos futuros, inclusive o nosso
  • Carlos Antonio E. Hofmeister Poli
    Coronel do Exército de Cavalaria e Estado-Maior (R)
Nossa Senhora apareceu em 2 de fevereiro de 1610 a Madre Mariana de Jesus Torres, espanhola da alta nobreza, uma das oito fundadoras do mosteiro das concepcionistas de Quito, para ordenar-lhe a confecção de uma imagem a Ela dedicada. Estamos, portanto, no ano do IV centenário dessa aparição.
A milagrosa imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso venera-se no Monasterio Real de La Limpia Concepción, em Quito, primeiro convento de monjas contemplativas da América do Sul, fundado em 1577 sob os auspícios do rei de Espanha Filipe II.
Neste artigo serão apresentadas as importantes relações que a devocão a essa imagem tem com os dias atuais. No quadro abaixo, a apreciação de Plinio Corrêa de Oliveira sobre Ela, a ordem do universo e a civilização cristã. 

Plinio Corrêa de Oliveira, grande devoto de Nossa Senhora do Bom Sucesso
É fácil entender a particular devoção de Dr. Plinio, autor de Revolução e Contra-Revolução, a Nossa Senhora do Bom Sucesso. Com efeito, em suas aparições, Nossa Senhora previu a enorme crise de fé e moral de nossos dias e prometeu especial proteção a quem a Ela recorresse sob a invocação do Bom Sucesso. Ora, tendo ele tomado como ideal de vida combater a multissecular crise revolucionária que assola a civilização atual, para isso organizou e dirigiu uma reação verdadeiramente profética. Jamais duvidou da vitória dessa reação, pois sua esperança estava inteiramente posta na mediação universal d’Aquela que esmagou a cabeça da serpente.
Não havia invocação nem atributo autêntico da Santíssima Virgem que deixasse de despertar nele o mais nobre entusiasmo, manifestado de modo veemente ou discreto, conforme as circunstâncias, mas sempre relacionado com a ordem hierárquica do universo, do qual Nossa Senhora é a Rainha. Não seria incorreto dizer que este foi o ponto mais característico da sua vida de piedade.
Para Plinio Corrêa de Oliveira, as imagens de Nossa Senhora do Bom Sucesso e daVirgen Blanca que se venera em Toledo (Espanha) são as que mais correspondem à idéia que ele fazia de Nossa Senhora, tal como Ela se encontra em seu trono no Céu.
Sua jornada de trabalhos, e principalmente de lutas, estendia-se até as três horas da manhã, quando fazia a oração da noite, para a qual convidava os que com ele estivessem na ocasião: algumas preces, o ósculo de várias relíquias de santos canonizados, e concluía rezando três vezes a jaculatória Mater a Bono Successu, diante de um quadro d´Ela. Olhava-o com indizível ternura e se despedia de todos.

Histórico das aparições
Situemo-nos no ano de 1556. Matronas da cidade de Quito, devotas de Maria Imaculada (o dogma só viria a ser proclamado em 1854), desejosas de ter em sua cidade um mosteiro de religiosas concepcionistas, pediram a Filipe II a fundação naquela colônia de um mosteiro consagrado à Imaculada Conceição. O rei enviou, para atender a tão excelente pedido, um grupo de religiosas fundadoras, tendo à testa a Rvda. Madre Maria de Jesus Talvada, descendente de nobre e antiga casa da Galícia, e também a sobrinha desta, a cândida menina Mariana.
A par de sua candura, era Mariana notável por sua rara formosura de alma e de corpo. Grande devota do Santíssimo Sacramento, dotada do dom da profecia, conheceu as inumeráveis dificuldades e sofrimentos pelos quais passariam as religiosas; e, uma vez fundado o mosteiro, o ódio e as perseguições do demônio contra a comunidade ao longo dos séculos. Teve ainda conhecimento de que o mosteiro duraria até o fim do mundo, e que nele haveria sempre uma alma santa, em todos os tempos. Foi-lhe também revelado que a Rainha dos Céus comunicar-se-ia com ela por meio de aparições.
A 13 de janeiro de 1577, fundava-se o mosteiro. Mariana não pôde professar na ocasião, por ter apenas 13 anos. Iniciou seu noviciado e professou aos 15, com o nome de Mariana de Jesus.
A vida de Madre Mariana de Jesus Torres é um portento de santidade. Mantinha profunda intimidade com seu anjo da guarda, e sua devoção dominante era a Jesus Sacramentado. Êxtases, visões e revelações alternavam-se com terríveis perseguições, não só do demônio como também de religiosas relapsas.
Certo dia ocorreu com suas irmãs de hábito algo muito grave. Madre Mariana sofreu em silêncio e recorreu a Nosso Senhor, comunicando-Lhe seus tormentos. O Divino Redentor apareceu-lhe e disse:
— Quando te desposei, experimentei com cuidado tua vontade.
— Senhor — respondeuMadre Mariana — minha vontade está pronta, mas a carne é fraca.
Ao que Nosso Senhor acrescentou: 
— Não te faltará fortaleza, assim como não falta nada à alma que Me pede.1
Nesse momento, viu ela Jesus Cristo no Gólgota, quando Ele começava a agonizar. Aterrorizada, exclamou: “Senhor, sou eu a culpada, castiga-me e poupa teu povo!”. Apareceu-lhe então a Santíssima Virgem, que lhe disse:“Não és tu a culpada, mas o mundo criminoso. Estes castigos são para o séc. XX”. Viu então três espadas, cada uma com uma legenda: Castigarei a heresia; Castigarei a blasfêmia; Castigarei a impureza.2
A Santíssima Virgem prosseguiu: “Queres, minha filha, sacrificar-te por este povo?”. Madre Mariana respondeu: “Minha vontade está pronta”. As espadas cravaram-se em seu coração, e ela caiu morta pela violência da dor.3 Morreu verdadeiramente Madre Mariana, e foi apresentada ao juízo de Deus: o Padre Eterno regozijou-se por tê-la criado; o Filho Divino, por tê-la redimido e tomado por esposa; e o Espírito Santo, por tê-la santificado.
Estava no Céu a alma de Madre Mariana, enquanto na Terra se elevavam orações fervorosas por sua vida. Nosso Senhor, querendo atender a essas súplicas, fez Madre Mariana ver como as orações por sua vida subiam ao trono de Deus. Apresentou-lhe duas coroas — uma de glória imortal, e a outra cercada de espinhos — enquanto lhe dizia: “Esposa minha, escolhe uma destas coroas”. E a fazia entender que, com a coroa de glória, ficaria no Céu, ao passo que com a outra voltaria a padecer no mundo. Madre Mariana pediu que a Divina Majestade escolhesse, e não ela. Nosso Senhor respondeu:“Não. Quando te tomei por esposa, provei tua vontade, e agora faço o mesmo”.4
Madre Mariana teve então conhecimento do futuro do mosteiro, das monjas que se salvariam e das que se condenariam; das imensas calamidades do séc. XX, durante o qual choveria fogo do Céu, consumindo os homens e purificando a Terra; das almas daquele mosteiro, as quais, por sua santidade, aplacariam a cólera divina. Voltou-se então para Nossa Senhora e pediu que Ela mesma governasse o mosteiro; e aceitou retornar à Terra, tendo então escolhido, humilde e resignada, a coroa de espinhos. Regressava à vida, com seus 20 anos de idade.
Capa

Origem da milagrosa imagem
A vida de Madre Mariana de Jesus Torres, a quem Nossa Senhora do Bom Sucesso apareceu, foi escrita com admirável unção por Frei Manoel de Sousa Peraira, na segunda metade do séc. XVIII, baseando-se no Cuadernón,5 que ele pôde consultar. Este Cuadernón foi posteriormente escondido, em local e data desconhecidos, a fim de preservá-lo das perseguições religiosas pelas quais viria a passar o Equador nos séculos XIX e XX. No livro A Vida Admirável da Rvda. Madre Mariana de Jesus Torres”, de 264 páginas, no qual se baseiam estas linhas, Frei Manoel relata pormenorizadamente as três mortes e duas ressurreições de Madre Mariana, sua atuação como religiosa modelar, seus sofrimentos e lutas, os estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo (os quais ela recebeu aos 25 anos) e outros fatos extraordinários de sua admirável vida mística. Seu corpo incorrupto, que assim se conserva desde sua derradeira morte em 16 de janeiro de 1635, em capela de seu mosteiro, confirma alguns desses fatos.  
Neste artigo, limitar-nos-emos a abordar mais extensamente a aparição de Nossa Senhora para lhe ordenar a confecção de sua imagem, e como esta foi realizada; ocupar-nos-emos também das revelações que Madre Mariana recebeu da Santíssima Virgem, com referência particular aos dias em que vivemos.
No ano de 1610, rezava insistentemente Madre Mariana à primeira hora da madrugada, prostrada ao solo no coro, pelas necessidades de seu mosteiro, da colônia espanhola da América e da Igreja, quando notou a presença de uma Senhora de extraordinária formosura, sustentando no braço esquerdo um Menino belo como a aurora. Emocionada, a religiosa perguntou:
— Quem sois, linda Senhora, e que desejais de mim, que sou só uma sofrida monja?
— Sou Maria do Bom Sucesso, a Rainha dos Céus e da Terra. Porque me invocaste com terno afeto, venho do Céu consolar teu aflito coração. Tuas orações, lágrimas e penitências são muito agradáveis a nosso Pai Celestial. Na mão direita, tenho o báculo que vês, pois quero governar este meu mosteiro como Priora e Mãe. Satanás quer destruir esta obra de Deus, mas não o conseguirá, porque Eu sou a Rainha das Vitórias e a Mãe do Bom Sucesso, sob cuja invocação quero fazer prodígios em todos os séculos.
É vontade de meu Filho Santíssimo que mandes confeccionar uma imagem, tal como me vês, e que a coloques no trono da abadessa. Na minha mão direita porás o báculo e as chaves da clausura, em sinal de minha propriedade e autoridade. Em minha mão esquerda porás meu Divino Filho. Eu mesma governarei este meu Mosteiro.6
— Senhora —ponderou a religiosa — como realizar tudo isso, se até desconheço Vossa estatura?
— Dá-me o cordão franciscano que trazes à cintura.
A Santíssima Virgem o tomou e colocou uma de suas extremidades na mão de seu Divino Filho, que o aplicou à cabeça da Mãe, indicando a Madre Mariana que, com a outra ponta, tocasse seus pés. O cordão milagrosamente se esticou, até alcançar a estatura exata da Santíssima Virgem.
— Aqui tens, minha filha, a medida de tua Mãe do Céu. Meu servo Francisco del Castilho, a quem explicarás minhas feições e minha postura, talhará minha imagem, pois tem reta consciência e observa religiosamente os mandamentos de Deus e da Igreja. De tua parte, ajuda-o com orações e humildes sofrimentos”.7
Francisco del Castillo preparou-se com penitências, para tão alto encargo: confessou-se, comungou, e no dia 15 de setembro de 1610 iniciou a confecção da imagem. Quando faltavam apenas os retoques finais, certo de que a imagem, embora satisfatória, nem de longe representava o que Madre Mariana havia visto, resolveu não só fazer mais penitência, mas saiu de viagem em busca das melhores tintas para concluir o trabalho. De regresso, surpreendeu-se ao encontrar já concluída a imagem. Diante do bispo, fez juramento escrito para testemunhar que a imagem não era obra sua, e que a havia encontrado, ao voltar, com uma forma muito diferente da que havia deixado, seis dias antes.
Madre Mariana de Jesus descreve assim os acontecimentos: rezava às três horas da madrugada do dia 16 de janeiro de 1611, no coro, onde estava a imagem que ia sendo esculpida por Francisco del Castillo, quando viu os arcanjos São Miguel, São Gabriel e São Rafael, os quais se apresentavam diante do trono da Rainha dos Céus. São Miguel, saudando-a, disse: “Ave Maria, Filha de Deus Padre”; São Gabriel acrescentou: “Ave Maria, Mãe de Deus Filho”; e São Rafael concluiu:“Maria Santíssima, Esposa puríssima do Espírito Santo”. Nesse momento apareceu São Francisco de Assis, e se uniu aos três arcanjos. Seguidos da milícia celeste, acercaram-se da imagem semi-acabada, transformando-a e refazendo-a, dando-lhe uma beleza inigualável que mão humana jamais poderia conferir. A Virgem estava totalmente iluminada, como se estivesse no meio do sol. Do alto, a Santíssima Trindade olhava comprazida o que acontecia, e os anjos entoavam suas melodias. No meio de todas essas alegrias, a Rainha do Céu penetrou pessoalmente na imagem, como raios de sol que se introduzem em um cristal. Como que tomando vida, tornou-se resplandecente, e com celestial melodia cantou o Magnificat. Os anjos entoaram o hino Salve Sancta Parens (Ave, ó Santa Progenitora).
Essa foi a origem da milagrosa imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso.8
As extraordinárias revelações da Virgem Santíssima
Madre Mariana recebeu grande número de revelações, nas quais Nossa Senhora profetizou acontecimentos do século XX e vários que já se realizaram. Convido o leitor a tomar conhecimento de alguns, dentre muitos.
Talvez para algum leitor, habituado às precisões matemáticas de hoje (aliás, de si elogiáveis), seja útil mostrar antes a conexão entre o que Nossa Senhora diz sobre o século XX e o que se passa em 2010. Com efeito, cada século se define mais pelo desenrolar dos acontecimentos relevantes que nele se verificam do que pelos dois zeros que caracterizam o ano como múltiplo de cem. Assim, os historiadores situam a Revolução Francesa como acontecimento do século XVIII, ao passo que ela se prolongou, com sua difusão por Napoleão Bonaparte, até o Congresso de Viena em 1815; e só consideram concluído o séc. XIX com o fim da Belle Époque e o início da I Guerra Mundial, em 1914. Isto porque a conceituação mais adequada de um século reside no significado profundo que ele tem na arquitetonia da História. Outro exemplo: quando Paulo VI9 e João Paulo II10 tratam, com clareza e precisão, da tragédia ocorrida na Santa Igreja depois do Concílio Vaticano II, referem-se evidentemente a um fenômeno do séc. XX, tragédia que se prolonga e se desdobra até nossos dias.
“Um presidente verdadeiramente católico”
Em aparição de 16 de janeiro de 1599, Nossa Senhora disse a Madre Mariana: “A pátria em que vives deixará de ser colônia e será república livre; então, chamar-se-á Equador e necessitará de almas heróicas para sustentar-se no meio de tantas calamidades, públicas e privadas”. Previsão cumprida 200 anos depois. Nessa mesma aparição, a Santíssima Virgem afirmou:“No séc. XIX haverá um presidente verdadeiramente católico, varão de caráter, a quem Deus dará a palma do martírio, na mesma praça onde está este meu convento. Ele consagrará a República ao Divino Coração de meu Filho Santíssimo, e esta consagração sustentará a Religião católica nos anos posteriores, os quais serão amargos para a Igreja”. Com efeito, em 25 de março de 1874, Gabriel Garcia Moreno [foto] tornou o Equador a primeira nação da América consagrada ao Sagrado Coração de Jesus. E no ano seguinte, a 6 de agosto, entregou sua alma a Deus, assassinado pelos inimigos da fé, na mesma praça em que está situado o mosteiro. Antes de expirar, escreveu no solo, com o próprio sangue: Dios no muere.11
“Quando tudo parecer perdido, será o início do triunfo da Santa Igreja”
Em aparição de 2 de fevereiro de 1634, Nossa Senhora do Bom Sucesso entregou o Menino Jesus a Madre Mariana. Em seus braços, Ele revelou-lhe a proclamação do Dogma da Imaculada Conceição, quando “meu Vigário” (o Papa) estiver cativo; e o dogma da Assunção, depois de o mundo sair de um banho de sangue. O que se verificou, respectivamente, em 1854, no pontificado do Bem-aventurado Pio IX, e após a II Guerra Mundial, em 1950.
Em 8 de dezembro de 1634, a Rainha do Céu e da Terra indicou a Madre Mariana que sua invocação de Bom Sucesso iria ser a sustentação e guarda da fé, face à total corrupção do séc. XX. Ela predisse que, “nesses tempos de calamidade, quase não haverá inocência infantil [...], a atmosfera estará saturada de impureza, a qual, como um mar imundo, correrá pelas ruas, praças e lugares públicos com uma liberdade assombrosa, de maneira que quase não se encontrarão no mundo almas virgens[...]. Quanta dor sinto ao te manifestar que haverá muitos e enormes sacrilégios públicos e também ocultos, profanações da Sagrada Eucaristia. [...] Meu Filho Santíssimo será lançado ao solo e pisoteado por pés imundos. [...] O Sacramento da ordem sacerdotal será ridicularizado, oprimido e desprezado, porque nesse sacramento se oprime e denigre a Igreja de Deus e a Deus mesmo, representado em seus sacerdotes. [...] O Sacramento do matrimônio, que simboliza a união de Cristo com a Igreja, será atacado e profanado em toda a extensão da palavra [...]. Impor-se-ão leis iníquas, com o objetivo de o extinguir, facilitando a todos viverem mal”.12
Dramaticamente essas profecias indicam o que ocorre em nossos dias em relação aos sacrilégios, ao sacerdócio e àquilo que seria então inacreditável: a legalização de uniões de indivíduos do mesmo sexo, como se elas fossem casamento.
E Nossa Senhora do Bom Sucesso acrescentou: “Quando tudo parecer perdido, será o início do triunfo da Santa Igreja. O pequeno número de almas que guardarão o tesouro da fé e das virtudes sofrerá um cruel e indizível padecer, a par de um prolongado martírio [...], haverá uma guerra formidável e espantosa, na qual correrá sangue de nacionais e estrangeiros, de sacerdotes e de religiosas. Essa noite será terrível, pois parecerá ao homem o triunfo da maldade. Será chegada, então, a hora em que Eu de maneira assombrosa destronarei o soberbo e maldito Satanás, pondo-o abaixo de meus pés e sepultando-o no abismo infernal. Deixarei por fim livres, a Igreja e a pátria, de sua cruel tirania [...]. Ora com insistência, pedindo a nosso Pai Celeste que se compadeça e ponha termo, o quanto antes, a tempos tão nefastos, enviando à Santa Igreja o prelado (do latim, “praelatus” — aquele que vai à frente),que deverá restaurar o espírito de seus sacerdotes. A esse filho meu muito querido amamos, meu Filho Santíssimo e Eu, com amor de predileção, pois o dotaremos de uma capacidade rara, de humildade de coração, de docilidade às divinas inspirações, de fortaleza para defender os direitos da Igreja e de um coração terno e compassivo, para que, qual outro Cristo, atenda o grande e o pequeno, sem desprezar o mais desafortunado que lhe peça luz e conselho em suas dúvidas e amarguras [...]. Em sua mão será posta a balança do Santuário, para que tudo se faça com peso e medida, e Deus seja glorificado”.13
Capa

“Alegre e triunfante, qual terna menina, ressurgirá a Igreja”
Em outra ocasião, revelando a mesma situação com ênfase diferente, Nossa Senhora do Bom Sucesso diz:“Tempos funestos sobrevirão, nos quais, cegando na própria claridade, aqueles que queriam defender em justiça os direitos da Igreja, lsem temor servil nem respeito humano, darão a mão aos inimigos da Igreja, para fazer o que estes quiserem. Mas ai do erro do sábio — o que governa a Igreja —, do Pastor do redil que meu Filho Santíssimo confiou a seus cuidados. Mas quando aparecerem triunfantes e quando a autoridade abusar de seu poder, cometendo injustiças e oprimindo os débeis, próxima está sua ruína. Cairão por terra estatelados. E, alegre e triunfante, qual terna menina, ressurgirá a Igreja e adormecerá brandamente, embalada em mãos do hábil coração maternal de meu filho eleito e muito querido daqueles tempos, ao qual, se dócil prestar ouvido às inspirações da graça — sendo uma delas a leitura das grandes misericórdias que meu Filho Santíssimo e Eu temos usado contigo —, enchê-lo-emos de graças e dons muito particulares, fá-lo-emos grande na Terra e muito maior no Céu, onde lhe temos reservado um assento muito precioso, porque, sem temor dos homens, combateu pela verdade e defendeu, impertérrito, os direitos de sua Igreja, pelo que bem o poderão chamar mártir”.14
As profecias de Nossa Senhora à Madre Mariana de Jesus Torres impressionam, quer pela clareza com que predisse acontecimentos já realizados, quer pela exatidão com que descreve a imensa crise de nossos dias. E são inteiramente afins com as mensagens de Nossa Senhora em Fátima e em La Salette.
Considerações finais
Deus colocou no centro, e como razão de ser de toda a criação, a realeza de Nosso Senhor, e juntamente a de Nossa Senhora. Assim o esclarece a concepcionista Madre Maria de Ágreda em sua célebre obra Cidade Mística de Deus: “Em Cristo e em Maria estiveram previstas todas as demais obras, e por causa deles, de acordo com o nosso modo de falar, o Altíssimo sentiu-se mais empenhado a criar o restante das criaturas”.15Confirmando esta tese, basta o leitor considerar que Nosso Senhor Jesus Cristo é Deus verdadeiro e verdadeiro Homem; é uma só Pessoa, com as naturezas humana e divina; e Nossa Senhora, mera criatura, é Mãe de Deus. À luz da fé, portanto, não se podem conceber píncaros mais altos que o do Homem-Deus e o de sua Mãe Santíssima. Píncaros estes para os quais converge necessariamente toda a criação, que encontra neles seu centro e sua razão de ser.
Plinio Corrêa de Oliveira relacionava a imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso com a idéia que tinha de Nossa Senhora no Céu. Via ele nessa imagem algo que o remetia ao cume da ordem do universo: majestade, misericórdia, poder, beleza, justiça, bondade, pureza e superioridade incomparáveis, só transcendidas, de modo infinito, por Deus. Disto se tem melhor idéia considerando-se que, conforme explicitou Dr. Plinio, a ordem católica — a civilização cristã — é “austera e hierárquica, fundamentalmente sacral, anti-igualitária e antiliberal”.16
Austera, porque exige o cumprimento dos dez Mandamentos da Lei de Deus, como condição de perfeição.
Hierárquica, porque tudo quanto existe é desigual: Deus, infinitamente superior e supremo Legislador; e as criaturas — anjos, homens e seres irracionais — todas insondavelmente desiguais entre si.
Essas desigualdades criadas por Deus não são aterradoras e monstruosas, mas sim proporcionadas à natureza, ao bem estar, ao progresso de cada ser e adequadas à ordenação geral do universo, na qual o mais alto é, a um ou outro título, causa, modelo e mestre do inferior.17 Nessa escala hierárquica, tudo se reporta a Deus, infinitamente nobre, sublime e elevado. Nisto está o âmago da religiosidade.
Se assim é a ordem do universo — hierárquica, harmônica e austera — é compreensível que a humildade inclina ao amor às superioridades; portanto, à autoridade e à obediência. E o orgulho conduz ao ódio a toda desigualdade e à revolta contra toda lei, divina ou humana. Tal ódio, igualitário e subversivo, é o fator mais dinâmico da imensa crise moral que assola o mundo atual. Crise igualitária de revolta e permissivismo moral desenfreado.
Em Nossa Senhora do Bom Sucesso coexistem harmonicamente a representação tanto da suprema majestade quanto da bondade materna criadas, e de uma virginalidade e castidade inigualáveis — daí ser essa devoção particularmente indicada contra o espírito revolucionário de nossos dias. Espírito neopagão, de índole comunista, socialista e anárquica, característica esta que se patenteou na revolução da Sorbonne, de maio de 1968.
Sobre tudo isso paira a realeza de Nossa Senhora, presente em qualquer de suas invocações, pois Ela é sempre Rainha. Em Nossa Senhora das Dores, por exemplo, pois só uma rainha sofre daquela forma e com tamanha intensidade. A nota dominante dessa invocação, porém, convida à compaixão e à compunção. Nossa Senhora do Bom Sucesso apresenta-se-nos como rainha em toda sua grandeza. Como toda rainha, também é mãe, com toda sua maternalidade e ternura.
Conforme o pensamento de Dr. Plinio, toda mulher é rainha, na medida em que é mãe e esposa. Se isto é verdadeiro, por mais modesto que seja o lar, como será então quando se trata da Rainha do Céu e da Terra!
*       *       *
Para concluir, nada poderia ser mais eloqüente do que valermo-nos das palavras da própria Senhora do Bom Sucesso, dirigidas à Madre Mariana de Jesus Torres: “Eu sou poderosa para aplacar a Justiça Divina e alcançar piedade e perdão para toda alma pecadora que a mim recorra com coração contrito, porque sou a Mãe de Misericórdia, e há em mim bondade e amor”.18
http://catolicismo.com.br/ 

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Mary: In my heart, I hold my priest son whom I have mentioned many times. He will be the great sign, so easy to see. I will raise him up in extraordinary ways. This will be an even greater sign. I will clothe him with the sun of Fatima and give great power and wisdom to his words.

Our Lady of Fatima

9. Raising Up Her Priest Son

Print This Post Print This Post
Mary
In my heart, I hold my priest son whom I have mentioned many times.  He will be the great sign, so easy to see.  I will raise him up in extraordinary ways.  This will be an even greater sign.  I will clothe him with the sun of Fatima and give great power and wisdom to his words.
He will bless the nations with my Fatima gift.  He will teach and explain, so the whole world knows exactly what I want to do.  The powers of darkness have already come against him, but, as the Mother of God, I kept him safe and delivered him from the trial.
Now, I prepare him.   He knows that the time is very close for him to come on to the world scene.  He will not hesitate because he will be totally prepared, as if he had been there for years.  For him, these destructive events are signs which I had revealed to him years ago.  All of these events had to take place and the world had to be cast into darkness before I could raise him up.  At the moment of great despair, suddenly I will raise him up so all will know that I have not abandoned the world but have prepared for this dark moment.
How quickly I bring him on the scene depends upon the course of events.  Each person is free.  All make their decisions, world leaders and popes, terrorists and economists.  Although world events are shaped by many hands, I, alone, will choose exactly when and how I will raise up my priest son.  I speak these words so clearly now so that when this happens, the great sign of my love in doing this is full and abundant.
Comment:  Our Lady reveals slowly.  Now she comes to the full revelation. Many times she has mentioned her special priest son.  This locution reveals the mystery fully.

8. The Watchman on the Mountain

Mary
Events unfold, one leading to another.   Only looking back can the series of events be understood, seen as either important or unimportant.  I see quite differently.  I see the future and the events which lie ahead, one opening out into the next.
Like a watchman stationed high upon the mountain, I can see what no one else sees.   From this wisdom, I speak as no one else can speak.  Yet, who turns to me?  Who comes to the Queen of the universe and seeks my wisdom?  I do not wait for an invitation.  I boldly speak.  Let my words convince you.
The time of difficulties has begun.  At first, it will seem as if they are conquered.  New steps are taken to counter the terrorists.  New steps are taken to ease the economic difficulties.  People believe that these responses will turn the tide, but the evils are too deeply imbedded and the economic systems are too weak in too many places.
The West has neither the resources nor the will to adequately respond because the fire of faith has been extinguished.  The great zeal for God and for others has been lost.  The great leaders who could preach across Europe like St. Bernard, St. Francis, St. Dominic and St. Ignatius are no more.  The words that go forth are political and cunning, unable to raise man’s heart to the heavenly Father who alone can reverse the future series of events.  Tell me.  What world leader speaks of God?  Who seriously invokes Jesus?  These names are never heard, as if they were relics of the past.
Mankind will just continue this hopeless path until I raise up him to whom all the nations will listen.
Comment:  World leaders act as if they can solve the problems, refusing to proclaim their need for God’s help.

7. Heaven’s New Snowfall

Print This Post Print This Post
Mary
My blessings are like snow falling on the ground, covering every part with a heavenly beauty.  Snow is a two-fold image – of heaven, because it falls from the sky and of blessings, because it covers everything in a strange beauty, pleasing to the eye.  No one can command the snow.  No one cay say to the snow “Come” and no one can command, “Stop”.  All is beyond man’s powers, even his most sophisticated inventions.
So it will be when I raise up my priest son to whom I have given the Fatima gift.  No power in heaven or earth will stop the blessings.  No one will be able to cover them over.  Just as everyone sees the snow falling, so all will see the heavenly blessings of Fatima.
Thousands witnessed the sun dancing in the sky, but millions will see the new snow of Fatima falling.  That is why the consecration of Russia to my Immaculate Heart must be public, known to all the world and to the Church.
Let it be made with the greatest of faith, by everyone.  All must believe.  All must be taught the promises.  The whole Church, with one mind and heart, filled with the greatest hope in the midst of the great darkness, must turn to heaven.  After that, the snow will begin to fall and new hope will begin to live in people’s hearts.
Comment:  Our Lady uses many images – fire, water, light, darkness.  However, this is the first time she has likened her actions to falling snow.

6. The 21st Century Opportunity

Print This Post Print This Post
Mary
When dark clouds gather, all know that rain will soon fall.  There are certainly dark clouds on the horizon which all can see.  What rain will fall and when will the sun shine?  I will speak clearly
There will be two great clouds – terrorism and economic collapses.  The rain of terrorism has already begun but this is just the beginning rain.  Much larger and still darker clouds will release their rains.  This will be the scene as 2016 begins.
The economic clouds are present but not seen by all.  They will begin to pour out their rain later in the year.   However, the economic collapses, small at first, will touch many more lives than the acts of terrorism.  These evils will not come from outside forces.  They have been built into the economic systems by world leaders.  As such, they will be more systemic, closer to the mainstream and less vulnerable to possible solutions.
My words only reveal the beginnings.  If these are the 2015 events, what will happen in 2016 and 2017, leading up to the 100thanniversary of October 13,  1917?   Before that date of October 13, 2017, I will have lifted up my beloved priest son.  Through him, I will offer the people of the 21st century a second opportunity to accept the Fatima gift.
Even though I sent my three little children, especially Lucy, as the 20th century messengers, the people of that century did not open the Fatima gift and the graces were withheld.  I promise the world, so very soon, a second opportunity.  Although I must speak of the clouds of terrorism and economic collapses, I also speak of the Fatima gift.  I would not leave my children without hope.
Comment:  Our Lady says that the fullness of the Fatima gift should have been received in the 20th century.  Fortunately, the 21stcentury will be given a second opportunity.


5. The Breath of God and a New Creation

Print This Post Print This Post
Mary
A speaker can only imagine the effects of his words upon his listeners, but I see every heart and I know exactly what is happening through my words.  I speak of events and of roads that lead to darkness.   I do not speak to multiply anxieties but to light up my road of peace.
By my words, I breathe upon the world just as Jesus breathed upon his apostles when he said, “Receive the Holy Spirit” (Jn.20:22).   My words are the breath of God (This is the Father’s gift to me) being poured forth like a new creation, restoring what is broken and encouraging those who are discouraged.
As the events continue (for they have already begun) I will constantly breathe upon the whole world.  Wherever I breathe, life will begin anew.  Wherever I breathe, light will overcome the darkness.  All must believe.  The darkness is new.  The evil is new.  The destructive forces are new.  Should not God’s powers also be new?  This is the new breath of God which the Father has placed in my heart.  I will breathe everywhere, but I must be invited.
If I am not invited, 2015 will hold only these events of destruction.  If I am invited, there will be a fresh and powerful breath of new life.
Comment:  Our Lady loves to use varied and simple images to teach the same themes.  The world will experience great and destructive events with no solution except for the gifts contained in her Immaculate Heart.

4. The Messenger of Light

Mary
I foresee everything.  I see the goals of the Evil One and the path upon which he has led the world.  I see the great darkness that he plans and the steps he will lead everyone to take.  This includes the terrorists, the world leaders, the rich who control the world’s wealth and all who will shape the events.  All of his darkness and hiddenness is as clear as day.  Nothing is hidden from my eyes.
The Father has placed heavenly wisdom in my heart, just as He placed His Son in my womb.  He has revealed to me His plan of light for the coming darkness.  However, he has allowed me to choose my messenger  of light, and about this priest son I must speak so that my words are not vague or uncertain.
In this extreme moment of darkness, I would not leave this indispensable light to come about in a confused way, nor to even be questioned.  I must give humanity two gifts so everyone receives the light.  The first gift is a definite person, someone who is gentle and can be trusted, upon whom the Spirit of the Lord will rest.  I will leave no doubt.  I will send signs.  These will be Fatima signs that this is my beloved son in whom I am well pleased.
I will give him the strength of King David, the wisdom of Solomon and the light of the great prophets.  I will share with him my own task as the second John the Baptist.
I will reveal everything to him and he will reveal all to the world.  All that the Evil One does and plans to do I will make known to him.  He will be my constant and daily voice.  I will give him power to work signs and wonders but especially I will make him a light to the nations.  In him, my Church will shine forth to the world and all will see what I have done.
Comment:  Our Lady has so often promised light in the great darkness that lies ahead, but never has she been so specific about how she will give the light.


3. Steps Toward the Path

Print This Post Print This Post
Mary
Great anxieties will grow as the problems increase.  New leaders are elected but little changes.  While the forces of darkness seem inevitable I speak about a tiny path.  All must search for this path and when they find it, they will have hope.
This path is revealed through faith.  Yet, many have abandoned their faith, leaving the church that nourished their parents.  They must return.  This is the first step.
Secondly, they must allow my light to pierce their hearts.  Their lifestyles are not in accord with my desires.  I promise to help everyone who makes the least efforts.
Finally, they must nourish this spirit.  They must feed upon the Eucharist, confession, the rosary and some time each day for prayer.
I have presented a full schedule, able to be adapted by everyone who reads these locutions.
Comment:  Our Lady accurately describes our growing anxieties and steps we can take.


2. A Chosen Son

Print This Post Print This Post
Mary
No chance.  The world has no chance without my path.  The world will stumble and fall.  Even worse, they will find no direction and enter into a pit of no return.  The present moment is a period of time like none other.  Everyone begins to catch a glimpse and to see this on the horizon.
Yet, I do not preach gloom and doom. I preach about light and a safe path.  I speak of the darkness so that when the events happen, you will believe my voice that a safe path does exist.
Do not place your trust in false leaders.  Do not trust leaders who claim to know the path.  As the darkness grows, I will raise up my leader, stamped with all my credentials, anointed with the Holy Spirit, totally one with me as a special son, always faithful to my name, always anxious for my glory.  He will deliver my words.  Even now, I am doing a special work in his heart.  I am clothing him in the sun.  This is the special son of Fatima.  I have stamped Fatima on his heart and this will be the sign by which you know that this is my son whom I have chosen so the whole world will find my path.
All will be clear.  All will be external.  The guidance will be given every day.  I will teach him all the strategies of the Evil One.  I will make his voice ring out over the whole world.  You will know him by this one sign.  He will be my priest son who has Fatima engraved on his heart and whose name is engraved on my heart.  The path will be safe.  Just listen to him.
Comment:  Our Lady makes this path so easy to find.  The light will come from a leader whom she raises up.